Minimalismo

Mudando o nosso estilo de vida

 

Hoje vou compartilhar uma mudança que estamos fazendo no nosso modo de viver.

Tudo começou em março de 2018, quando pela força do destino, assisti ao documentário na Netflix chamado The Minimalistm: A Documentary About The Importants Things !

Foi incrível como me identifiquei, como percebi  que as palavras que o Jorge sempre falou de que “O que eu preciso não é caro, o que eu quero é caro!” era a pura verdade!!! Precisei de muitos anos para me dar conta disso, mas antes tarde do que nunca!

Fiquei apaixonada pelo minimalismo e queria saber tudo a respeito. Comecei a pesquisar e ler muito a respeito de como é mais importante ser do que ter, de como o consumismo nos faz escravos dos bens materiais, do quanto temos que ganhar para manter o que compramos, e no fundo estava gastando o nosso dinheiro em “coisas” que não precisamos para sermos felizes.

carmel

Logo, minha paixão por viagens, meu sonho de conhecer o mundo com a minha família, aflorou com força total, e percebi que economizando dinheiro com coisas que só acumulamos, podemos gastar no que realmente nos dá prazer. É mais ser do que ter, é INVESTIR EM EXPERIÊNCIAS E NÃO EM OBJETOS, ROUPAS, MÓVEIS, ….

Gente, posso dizer que nesses dois meses mudei muito, muito mesmo…

Reduzi as minhas roupas e calçados em 30%, coloquei cremes e maquiagens vencidas no lixo, descartei remédios vencidos, reduzi o número de edredons, lençóis e toalhas, reduzi o número de objetos de decoração, fiz a doação de várias caixas cheias de brinquedos e livros, vendi algumas roupas das crianças que não serviam mais e doei a maioria delas.

E como estou me sentindo? Leve e livre! Estou adorando olhar o closet com menos roupas, menos calçados, tudo organizado e com espaço sobrando. O quarto de brinquedos está organizado, cada coisa no seu lugar e isso dá uma sensação de bem estar indescritível!

Esse é o começo de uma nova fase que vou compartilhar por aqui!

Grande abraço!

Rita

 

4 comentários em “Mudando o nosso estilo de vida”

  1. Amei! Feliz com tua visão. Feliz com essa nova fase que vai preencher mais o coração do que os espaços. Eu e o Nei temos essa filosofia. Ser menos do que ter! Vou acompanhar teu blogue de pertinho.

    Curtir

  2. Que maravilha, Ritinha! Acreditamos muito nisso por aqui e, quando “a ficha cai”, a sensação é libertadora, não é mesmo?? rs Muito feliz por ti! Ao assistir esse documentário, só fortaleceu mais ainda as nossas crenças…sempre recomendo! Bjsss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s